Tabocas do Brejo Velho - Energia solar gera 650 novos empregos

Mais de R$ 700 milhões serão investidos na Bahia no segmento de energia renovável e 650 novos empregos diretos serão gerados, além de aproximadamente 11 mil indiretos, com a implantação da maior usina de energia solar da América Latina, no município de Tabocas do Brejo Velho, e da implantação de uma unidade para fabricação de placas solares em Camaçari.

Os dois protocolos, um deles de intenção e o outro de continuidade das obras, serão assinados nesta quarta-feira, 14, pelo governo baiano com as empresas Globo Brasil e a italiana Enel Green Power, respectivamente.

O investimento previsto pela Enel para implantação de um parque solar nomeado de Horizonte, no distrito de Mariquitas, município de Tabocas do Brejo Velho, é da ordem de R$ 458 milhões e prevê a geração de 350 novos empregos diretos e mais 800 indiretos.

Iniciada em dezembro de 2015, a unidade será a maior usina de energia solar da América Latina. Terá uma capacidade instalada de 103 MW e, quando concluída, será capaz de gerar mais de 220 GWh por ano, o suficiente para atender às necessidades de consumo de mais de 108 mil lares brasileiros.  A previsão é que o parque solar entrará em funcionamento em meados de 2017.

Projeto

O projeto visa gerar energia elétrica através de painéis solares fotovoltaicos que captam e convertem essa energia da luz solar. O Grupo Enel também está construindo outros dois projetos de energia solar na Bahia: Ituverava (254 MW) e Lapa (158 MW). Horizonte ficará localizado ao lado de Ituverava, o que significa que a Enel será capaz de otimizar recursos tanto na construção quanto na operação dos dois projetos, que compartilharão a mesma infraestrutura de conexão.

O grupo Enel possui atualmente uma capacidade instalada total de 546 MW no Brasil, dos quais 401 MW são de energia eólica, 12 MW de energia solar fotovoltaica e 133 MW de energia hídrica. Além disso, a empresa tem 442 MW de projetos de energia eólica, 102 MW de hidrelétrica e 807 MW de energia solar em execução.

Já a Globo Brasil, primeira grande indústria de painéis solares do país inaugurada há cerca de um ano, em Valinhos, no estado de São Paulo, vai assinar protocolo de intenções com o governo baiano para fabricar painéis solares em Camaçari. Com prazo de implantação de 15 meses, a empresa investirá, na fábrica baiana, um montante de R$ 244,77 milhões.

Em conjunto com investidores chineses, iniciará a produção de células solares a partir de wafer de silício fatiado. O novo investimento criará cerca de 300 empregos  diretos e contribuirá para cerca de 10 mil novos  indiretos. A fábrica de células solares terá uma capacidade anual de 1 GW e irá fornecer para a primeira linha de painéis solares da Globo Brasil, em Valinhos, e para a segunda linha de 150 MW prevista para ser implantada em Camaçari.

No primeiro semestre, o segmento de eletricidade e gás foi o responsável pela maior parte dos investimentos aplicados na Bahia.

 

Fonte: Jornal A Tarde - Salvador

Mais informações:

http://atarde.uol.com.br/economia/noticias/1801510-energia-solar-gera-650-novos-empregos

Comentários

jorge coutinho da silva em 15/09/2016 04:19:37
Muito bon, que seja extensivo a todos os municipios.

Enviar comentário

voltar para NOTíCIAS

left show fwB tsN center|tsN fwB fsN center|show fwB fsN normalcase tsN center|bnull||image-wrap|news login uppercase c05 b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase b01 bsd|news login fwR uppercase b01 c05 bsd|tsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase|content-inner||